sábado, 19 de novembro de 2011

Uma visita horripilante

Tinha sido um domingo bem agitado por aqui. Os netos brincando e os adultos falando todos ao mesmo tempo, como de hábito. Já estava só,  organizando o apartamento antes de me deitar quando ao passar pela sala me deparo com a estranha visita.
Quietinha, bem ao pé da "cadeira do vovô" que já não tem mais o vovô mas está ali na sala, participando de nossas vidas. Ela...a aranha!!! Não queiram saber o horror que eu tenho de aranha!
É físico,  me arrepio toda, fico paralisada e gelada. Pensei rapidamente :-"o que é isso? uma aranha num apartamento? no quinto andar?".
Continuei pensando e olhando para ela que também (acreditem) olhava para mim, petrificada.
Como a poltrona havia estado na tapeçaria para uma pequena reforma eu logo pensei:- "é isso, aqueles tapeceiros distraidos não viram que havia uma aranha dentro e trouxeram essa coisa horrorosa até aqui"!
Ai Meu Deus! o que eu tinha que fazer?  O primeiro impulso foi sair correndo e chamar o síndico, no andar de baixo.
Mas meu alerta   "se manca Ivani" começou a piscar. Já era tarde, não poderia incomodar o pobre homem.
Ai, ...tudo isso passava pela minha cabeça em segundos enquanto eu não tirava os olhos da garota cheia de pernas, preta,  provavelmente  analisando todos os meus movimentos.
Pensei:- tenho que matá-la, essa situação é ridícula.
- Ivani...você é muito maior  que ela, pegue a vassoura e vapt!!! coragem mulher!
Fui bem devagar até a lavanderia, peguei a vassoura dura de esfregar chão, voltei disfarçadamente como se fosse apenas dar uma varridinha na sala ( para ela não desconfiar de nada ) enchi-me de muita  coragem  e taquei-lhe a vassoura com gosto.
Sentia-me tão mal que não tinha coragem de tirar a vassoura de cima dela. O que fiz? fui arrastando a nojenta  com toda a minha força até a porta do terraço, abri e - vapt!!! lá se foi ela com vassoura e tudo!
Fechei rapidamente a porta e coloquei um pano embaixo para que, caso a visita não tivesse morrido, não resolvesse voltar.
Fui dormir depois de tomar um tranquilizante porque meus nervos estavam esfacelados.
No dia seguinte vou devagar dar uma olhadinha no estrago. Pensei que a pobre estaria lá, rodeada de formigas, pernas para o alto.
Qual o que...ela estava em pé, ao lado da vassoura caída, implacável, olhando para mim, desafiadora. Peguei a vassoura com cuidado, bati mais algumas vezes porque afinal,  era ela ou eu!
Foi quando percebi que meus golpes não a atingiam porque era uma aranha de plástico, um brinquedo que meu neto esqueceu de recolher. Queria ter visto a minha cara nesse momento. Ria como uma maluca, mas não tive coragem de pega-la do chão. Meu instinto não permitiu..
Ficou ali até meu neto chegar e salvar sua coleguinha, dando boas gargalhadas da minha aventura noturna.  Um dia desses me deparei com ela na fruteira. Sinceramente não consigo travar um relacionamento amigável com essa senhora cheia de pernas. . .

E você, já pagou um mico desse tamanho?

38 comentários:

  1. Ivani, amiga querida, kkkkkkkkk! Paguei o mico lendo a sua postagem. Enquanto lia fui imaginando as diversas maneiras de poder ajudá-la. Explicar que se batesse nela com a vassoura em pé, dava para "espetá-la" na "piaçava"(não sei se é assim que se escreve) da vassoura, e "perfurada" só restava para ela o morrer.
    De repente, rs...rs, é de plástico.
    Rí muito e adorei a postagem. Muito bem escrita.
    Um final de semana lindo para você (sem aranhas).
    Beijo no seu coração.
    Manoel.

    ResponderExcluir
  2. Lembrei de uma aranha de bombril que inventei há muito tempo para o jornal infantil onde trabalhei. Ai, Ivani, como não tenho maiores problemas com as "bichinhas", confesso que me diverti muito com os sustos armados entre os colegas. Dona Aranha perambulou pela Redação por meses, quase uma entidade provocando gritinhos quando menos se esperava, obra de algum zombeteiro de plantão. Beijão, querida! Ando sempre por aqui, desculpa não comentar. O tempo segue tão curto... Mais beijos!

    ResponderExcluir
  3. AI, AI!!! MAS EU SE3I O QUE VC PASSOU... EU TENHO VERDADEIRO PAVOR DE LAGARTIXAS E, POR ELAS, JÁ PAGUEI MUUUITOS MICOS!!! NA SA LA DE AULA COM OS ALUNOS, DE 8 ANOS!!!, EU BERRRO MESSSSMO, SUBO NAS CADEIRAS, ... FAÇO UM AUÊ!!!
    QUE BOM QUE ESSA ARANHA ERA DE MENTIRINHA... RSRSRRSRSR

    ResponderExcluir
  4. rssssssss....Elas são assustadoras mesmo... Mas conhecendo as crianças e tendo sido uma delas, danadinha, acredito que ela não foi simplesmente ESQUECIDA,rsrs ...

    Foi deixada ali pra assustar a vovó...

    Legal te ler e rir cedinho!

    Ótimo domingo,beijos,chica

    ResponderExcluir
  5. Ah, Ivani!

    Que delícia de relato!

    Beijos,

    Eneida

    ResponderExcluir
  6. Você já conhece um mico que paguei! Mas agora estou aliviada que não sou somente eu a me petrificar.
    Sobrou até para o tapeceiro! Adorei a história. Beijo, bom domingo.

    ResponderExcluir
  7. Ivani do Céu...estou aqui, rindo a té agora de sua aventura e do seu mico...kkk
    Imagina só...ainda bem que ela era de plástico coitada, mas confesso que também não sou amante a aranhas, e nem lagartixa.
    Bjo e uma semana tranquila por aí!!

    ResponderExcluir
  8. Meu amor, eu vivi em África, o paraíso de aranhas, baratas, sapos, cobras, etc.
    Vivi lá durante 2 anos e pensei que o meu ancestral asco se desvanecesse face à exposição diária.
    Qual o quê?
    Antes um leão, do que uma criatura nojenta dessas.
    É superior às minhas forças, perco o controlo e a compostura, enlouqueço, em suma.

    O seu neto, esse malandrinho, deve ter-se divertido à grande com o susto que lhe pregou!... Nem em plástico eu admito tocar, que digo? nem olhar.
    Mas admito que a sua história está muito cómica.
    Um beijo, querida

    ResponderExcluir
  9. Oi querida Ivani
    Morri de rir do seu medo de aranha!
    Aqui em casa todos semtem muito medo dos insetos e eu os protejo não consigo matar nenhum rsrsrs.
    Tenho muita paixõ por todos!
    Beijinhos
    Tinha uma aranha morando na minha varanda e eu deixava ela quietinha.

    ResponderExcluir
  10. Oi quelida eu ri um pouco, mas sei bem como isto funciona, pq mesmo sinto por baratas. Um vez estava sozinha na praia e me levantei de madrugada para ir ao banheiro às 3 da manhã. Nunca acendo a luz, mas aquele dia acendi, tinha uma barata na janela do quarto ( ap no 4º andar) e eu tampo tudo. Fui para sala arrepiada e fiquei sentada até o dia amanhacer para pedir alguém para me ajudar conseguencia , pasei mal muito mal. Minha filha tem esta pavor por aranha tb.
    Enfim...vamos que vamos.

    Obrigada pela visita!
    Boa semana
    Beijos coloridos!

    ResponderExcluir
  11. QUERIDONA!!!!!
    QUE MEDO É ESSE? A GENTE NEM SABE EXPLICAR NÉ?!
    RI MUITO, NÃO FICA DE MAL COMIGO, MAS É MUITO ENGRAÇADO TUDO ISSO, ADOREI A PARTE QUE VOCÊ FALOU PRA SI MESMA: "Ivani...você é muito maior que ela, pegue a vassoura e vapt!!! coragem mulher!"
    VOCÊ É MAIOR QUE ELA AMIGA, MAS TAMANHO NEM SEMPRE É IMPORTANTE, NÉ?!
    MAS O FINAL FOI FELIZ: ARANHA DE PLÁSTICO É INOFENSIVA!!!
    BEIJINHO MINHA AMIGA
    SAUDADES DE VOCÊ!

    ResponderExcluir
  12. Aí como eu te entendo uma vez aconteceu o mesmo comigo com uma "lagartixa" ...
    Beijokas

    ResponderExcluir
  13. Ai, que bom que era de borracha! e elas parecem de verdade! ri muito com a sua história noturna hahaha!
    Eu tenho pavor de lagartixas. Acho que assim como o seu por aranhas. E dizem que elas trazem sorte. Mesmo assim...

    beijos, querida!! um dia lindo!

    ResponderExcluir
  14. Haaaaaa, são todos filhinhos de Deus, olha só o tamanho delas, com tudo isso o que elas podem fazer, é borrar-se de medo, mas quem será que se borrou né, kkkkkkkkkkkkkk
    abraços...

    ResponderExcluir
  15. Oi Queridinha.

    Só você mesmo, imagina se fosse mais cedo....olha a cara do sindico quando fosse matar a aranha do Lorenzo. Aí sim seria um mico daqueles, bem fiquei feliz em saber no não foi só seu que paguei mico nesse final de semana....não vai contar para ninguém, segredo só nosso ...beijos

    ResponderExcluir
  16. Corrigindo....estou ainda rindo muito..."bem fiquei feliz em saber que não foi só eu que paguei mico nesse final de semana.."

    ResponderExcluir
  17. Ivani
    Adoro ler suas histórias!
    Mas que medo é esse? ainda bem que era de brinquedo! Eu fiquei pensando: se tivesse mesmo chamado o síndico, amiga o mico seria maior!
    Mas com a presença dela pela casa, logo você se familiariza e o medo diminui, assim esperamos!
    Beijão e uma ótima semana!

    ResponderExcluir
  18. Ivani querida,boa tarde!!!!

    Estou rindo sem parar com a sua história...pimenta nos olhos do outros é refresco,vc dirá.
    Também morro de medo,amiga.Já chamei todos os funcionários de uma fábrica por causa de um gambá...
    Qualquer dia contarei...
    Bjsssss,minha querida,


    Leninha

    ResponderExcluir
  19. HAhahah, só você mesmo, aliás só esses danadinhos...o Dani também vive procurando uma maneira de me pegar no medo...tenho pavor de lagartixa...bhlarg! Coitado do síndico e do tapeceiro, já pensou? Bjim:}

    ResponderExcluir
  20. hahaha, muito engraçado isso, tadinh de você ...rsrs

    Linda, brigada pela sua generosidade comigo, fico "miachando" com seus comentssssss...rsrs

    Ahhhhhh, lembra do casório que fui madrinha?
    Tem fotinhas ... uhuuuuu

    Beijokas

    ResponderExcluir
  21. Aiiiiiiiiiiiiii...que agonia ao ler esta narrativa!!!!!!!!!! Ivani, que terror vc passou! Menina, loucura!
    Tenho medo de cachorro, muito medo. Fico paralisada assim como vc. Cruzes.
    Que bom que era de plástico.
    Tudo bem aí?
    Amiga, só agora parei de costurar...afff...esta época é agitada.
    Beijos mil!!!
    Bela

    ResponderExcluir
  22. Voltei pra desejar um lindo fds, com tuuuuudo de bom, descanso, folia, tudo misturadinho,tá? beijos,chica e obrigado pelo carinho sempre!!! chica

    ResponderExcluir
  23. Minha querida Ivani,
    Boa noite!!!
    Um lindo fim de semana para vc,amiga,com muita paz e muita luz.
    Bjssssss,
    Leninha

    ResponderExcluir
  24. Vim correndo, antes de sair pra festejar na Neca, te agradecer pelo carinho tão querido sempre!!! beijos,obrigadão, de coração,chica

    ResponderExcluir
  25. Essa não foi mico não, foi é um KING KONG mesmo...rs..rs...rs...
    Bjs
    Maristela

    ResponderExcluir
  26. rsrsrsrs, rsrsrsrs, rsrsrsrsr

    não consigo parar de rir, rsrsrsrs, rsrsrsrs

    só você mesmo minha amiga pra me fazer sentir bem em um dia q não tem sido dos melhores.
    Adorei, adorei esse texto.

    Com toda certeza já devo ter pago um mico como esse, ou pior, mas no momento quero curtir o seu, não quero lembrar do meu :)

    Obrigada, obrigada querida Ivani pelo prazer que me dá qdo visito você, e pelo carinho que me dá quando me visita :)

    Uma doce semana pra você.

    ResponderExcluir
  27. Querida Ivani é sempre um enorme prazer receber a sua visita.
    Desejo-lhe uma feliz semana e fico esperando novas postagens.
    Beijo

    ResponderExcluir
  28. Minha querida Ivani,
    Boa noite!!!

    Respondendo à sua pergunta,aquele casal é de amigos blogueiros e ainda não os conheço pessoalmente...conheci o blog deles e me encantei com a sua história de vida...vale a pena dar uma olhada.
    Bjsssss,
    Leninha

    ResponderExcluir
  29. a aranha não me faz medo não...mas sapo..morro de medo.
    se vejo um do no pé. rsrs

    baci

    ResponderExcluir
  30. Ivani, acho qu é um engano dizer que não entende de decoração... Tua ideia de pisca-piscas no meu centro de mesa é ótima! Eu até tenho aqui, só não tinha pensado na possibilidade.
    Valeu!
    BJô

    ResponderExcluir
  31. Ivani querida,
    Boa noite!!!

    Pode deixar,vou colocar uma foto bem grande no blog.
    Amiga vou lhe pedir um favor:vá até o Sonhos e Encantos e compartilhe da oração que estou fazendo pelo Ricardo Calmon e pela Fátima Guerra.Estão muito doentes e precisam de nossas oreções.
    Bjsssssss,
    Leninha

    ResponderExcluir
  32. Oi minha quelida obrigada pela visita foi rápida nem ficou para um café!
    Boa quinta
    Beijos coloridos!

    ResponderExcluir
  33. Querida Ivani, obrigada pelo comentário.
    Logo, logo postarei as duas primeiras almofadas ( ficaram o máximo!!!!)
    Beijo

    ResponderExcluir
  34. IVANI, querida amiga!!! obrigada pelas palavras lá no blog, dizendo que tenho futuro na costura!!! Fiquei feliz, feliz!!!
    Tá na hora de fazer um post, mulher!!! Vai sem acento e sem cedilha mesmo!!! Adoro ler o que vc escreve!!! Tá fazendo falta!!!!!

    Beijossss

    ResponderExcluir
  35. Ivani, querida, muito obrigada pelo comentário carinhoso.
    Beijo

    ResponderExcluir
  36. Hehehe... Ivani, a caçadora implacável! Pobre aranha! Mas imagino seu pânico, sinto o mesmo em relação à mariposas. Fico possuída, capaz de derrubar uma parede para sair do lugar onde ela está. Quando criança, meus irmãos mais velhos colocavam dentro da blusa de gente, e ela ficava se agarrando com as perninhas duras. Horrível! Mil aranhas à uma mariposa!
    Beijos

    ResponderExcluir